as coisas que conta um português que anda pela Rússia
Terça-feira, 15 de Abril de 2008
GUERRAS CHECHENAS

 

            A paz na Chechénia tem altos e baixos. É evidente que a actividade dos grupos declaradamente separatistas tem vindo a baixar, e que nas principais cidades a vida se aproxima do que se pode considerar normal. Mas nem sempre são necessários os separatistas para fazerem confusão. Ontem à noite, próximo da cidade de Argun dizem que houve tiroteio, porque se encontraram cara a cara, tropas especiais pertencentes a agrupamentos diferentes. Não eram agrupamentos quaisquer, uns eram do batalhão de elite que dá pelo nome de Vostok (oriente) sob o comando de Sulim Iamadaev, os outros eram simplesmente a guarda de Ramzan Kadirov. O problema parece ter sido que nenhuma das colunas queria dar precedência à outra e no meio do “não passas tu passo eu”, dois carros acabaram por bater. Como se descreve na Rússia eram os kadirovtses contra os iamadaevtses. Segundo uma versão a coisa chegou ao ponto de haver tiros. Segundo outra, teria sido o próprio Ramzan Kadirov a sair do carro para apaziguar e resolver a situação, e os homens do batalhão Vostok regressaram a Gudermes. Por outro lado, Ramzan Kadirov deveria estar em Moscovo, no congresso do Rússia Unida... De qualquer forma, o caso resolveu-se sem vítimas, mas não sem ofensas. Kadirov é “o presidente” e não tolera desaforos. De acordo com as notícias que chegam, em Gudermes começou a caça ao homem. Neste caso o homem é Badrunin Iamadaev irmão mais novo de Sulim Iamadaev. Ao que parece era ele que seguia no cortejo que não quis dar passagem a Kadirov. Segundo alguns relatos já na noite de ontem, os homens de Kadirov montaram postos de controle em Gudermes para apanharem elementos do batalhão Vostok. Num dos postos houve tiroteio e daí já resultaram dois mortos, soldados do batalhão Vostok. Além disso o quartel do Vostok teria sido cercado, segundo algumas fontes são cerca de 500 os homens de Kadirov que tomaram posição junto ao aquartelamento dos rivais. Por outro, a polícia procura Badrunin Iamadaev em Gudermes. Devem ter tido informações de que este se encontra, não no quartel, mas na casa da família Iamadaev, e esta foi cercada também. Ali estão também elementos do Vostok, prontos a resistir se os kadirovtses se decidirem a realizar o assalto. Ao que parece o ambiente é muito tenso e a qualquer momento pode-se desencadear um confronto de grandes proporções.

            O governo checheno fez saber que os homens do Vostok são acusados de crimes de homicídio e rapto de pessoas, e apresentaram casos concretos. Curiosamente, esses casos não serão de ontem, mas só agora é que se lembraram deles. Badrunin Iamadaev e acusado pessoalmente de vários crimes. Tudo leva a crer que Kadirov está decidido a acabar com o poder dos Iamadaev. A história dos Iamadaev é longa e roda em torno de Gudermes, onde eram (são) uma das forças mais influentes. Na primeira guerra da Chechénia combateram contra as tropas federais, aliás como quase todos os chechenos. Na segunda guerra, aceitaram a mediação ou até a aliança de Akhmad Kadirov (o pai do actual presidente) e entregaram Gudermes sem combates, contra a garantia de que as tropas russas não entravam lá. Os crimes e os métodos de que podem se acusados os Iamadaev, são provavelmente os mesmos de que se poderia acusar a maior parte dos “comandantes” chechenos. Desde os tempos da primeira guerra (1994-1996) os raptos, comércio de escravos, chantagem, etc., estavam na ordem do dia na Chechénia. Tornarem-se respeitáveis militares foi uma conquista da “paz chechena” dos últimos anos. De vez em quando os impulsos do passado voltam, e agora o equipamento militar é mais completo.

 



publicado por edguedes às 22:38
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

VICTOR HUGO PONTES NO "IN...

RÚSSIA E POLÓNIA DEPOIS D...

RE-START

"SHAKHIDKA"

AINDA ATENTADOS

METROPOLITANO DE MOSCOVO ...

METROPOLITANO DE MOSCOVO ...

METROPOLITANO DE MOSCOVO ...

RECOMEÇAR

ASSASSÍNIO DE SACERDOTE C...

arquivos

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

tags

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds