as coisas que conta um português que anda pela Rússia
Sábado, 3 de Abril de 2010
"SHAKHIDKA"

 

 

 

(publicados na edição de papel do JN, e que não apareceram no “on-line”)


(enviado a 02.04.10)


IDENTIFICADA UMA DAS “TERRORISTAS” DO METROPOLITANO DE MOSCOVO

A agência “Novosti”, citando fontes do Comité Nacional Anti-terrorismo, confirmou que são já conhecidas as identidades dos executores e organizadores dos recentes atentados no “metro” de Moscovo, cujo número de vítimas, entretanto, se elevou para 40. De acordo com a fonte citada uma das suicidas, seria Djanet Abdurakhmanova (ou Abdulaieva), nascida em 1992, residente na região de Khasaviurt, república do Daguestão, que constava da base de dados das autoridades locais, como elemento que “professa o “wahhabismo” e com tendência para actividades extremistas”. A motivação da jovem poderia ser a vingança da morte do seu marido, Umalat Magomedov, de 30 anos, um dos líderes dos rebeldes do Daguestão, morto no decorrer de uma operação levada a cabo pelo FSB e pela polícia, em 31 de Dezembro de 2009. Ao que parece, Djanet travou conhecimento com Magomedov através da internet, quando tinha apenas 16 anos, e depois seguiu-o. Magomedov era acusado de uma série de atentados e era um elemento de confiança do líder dos rebeldes, Doku Umarov. Recorde-se que Umarov reivindicou a autoria dos atentados de Moscovo, afirmando que eram um acto de retaliação pela morte de alguns camponeses na localidade de Archti, Inguchétia, a 11 de Fevereiro. Conforme refere a“Novaia Gazeta”, naquela data, durante uma operação militar contra um grupo rebelde, foram mortos quatro camponeses chechenos que recolhiam, alho selvagem, uma actividade das camadas mais pobres da população. Nos corpos das vítimas haveria indícios de tortura.

 

(enviado a 01.04.10)


MEDVEDEV QUER MEDIDAS DURAS CONTRA O TERRORISMO

O presidente russo, Dmitri Medvedev deslocou-se ontem, inesperadamente à república do Daguestão. Em Makhatchkala, a capital, Medvedev afirmou que o terrorismo devia ser combatido, em todo o mundo, com medidas “não só eficazes, mas também duras, cruéis e preventivas”, e sublinhou que “é preciso castigar”. Entretanto o chefe do Serviço Federal de Segurança, Alexandre Bortnikov, informou que são já conhecidos os organizadores dos atentados em Moscovo e em Kizliar, adiantando que um certo número de pessoas tinha já sido detido e que se estava a proceder aos interrogatórios.

Segundo o jornal “Kommersant”, uma das terroristas seria Markha Ustarkhanova, de 20 anos, viúva de um guerrilheiro, Said-Emin Khizriev, morto em Outubro do ano passado. Ela era considerada desaparecida, mas a polícia tinha recebido a informação de que ela pretendia ser uma “shahid” (suicida) para vingar a morte do marido. Segundo a família, ela teria iniciado os contactos com os guerrilheiros através da internet. De acordo com o portal russo “Life News”, as duas suicidas teriam apanhado um autocarro para Moscovo precisamente em Kizliar, no Daguestão, onde se verificaram outras duas explosões na quarta-feira. Supõe-se que as “terroristas” viajaram 36 horas levando, à cintura, o cinto de explosivos.

 



publicado por edguedes às 09:23
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

VICTOR HUGO PONTES NO "IN...

RÚSSIA E POLÓNIA DEPOIS D...

RE-START

"SHAKHIDKA"

AINDA ATENTADOS

METROPOLITANO DE MOSCOVO ...

METROPOLITANO DE MOSCOVO ...

METROPOLITANO DE MOSCOVO ...

RECOMEÇAR

ASSASSÍNIO DE SACERDOTE C...

arquivos

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

tags

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds